A Prefeitura de São Sebastião, por meio da Secretaria de Saúde (SESAU), promoveu hoje (14/03) na sede do Sindicato dos Petroleiros do Litoral Paulista (SINDIPETRO-LP), uma capacitação de segundo módulo do programa da Secretaria de Estado da Saúde, em parceria com a Fundação Maria Cecília Souto Vidigal, “São Paulo Pela Primeiríssima Infância”, que foi oferecida aos profissionais da rede de saúde da cidade, sendo de maior enfoque para os que trabalham nas áreas de pré-natal, parto e puerpério. A capacitação abordou a temática “Parto e Nascimento Humanizados”.

O primeiro módulo da capacitação, intitulado “Módulo do Querer”, feito anteriormente foi basicamente um convencimento às autoridades municipais sobre o programa, neste que é o segundo módulo da capacitação, chamado “Módulo do Saber”, foi ofertado a todos os presentes informações sobre o tema proposto, bem como retirada de dúvidas. A capacitação foi comandada pelo médico obstetra e consultor em humanização de parto e nascimento, Newton Tomio Miyashita. “O objetivo maior do “São Paulo Pela Primeiríssima Infância” é de um mundo melhor, através da criança melhor recebida, recepcionada, evoluída e condicionada a ser um cidadão melhor”, disse ele.

Presente no local, a primeira-dama e presidente do Fundo Social de Solidariedade, comentou sobre a importância da capacitação. “Com essa capacitação estamos construindo cidadãos melhores e investindo na humanidade, quando você cuida da gestação de um ser humano, ele nasce com menos conflitos e fica muito mais aberto a estar recebendo informações”, completou Michelli.

O terceiro módulo de capacitação ocorrerá no mês de abril no município de São Sebastião, intitulado “Módulo do Fazer”, ele funcionará como oficina, onde será colocado em prática pelos profissionais, tudo o que foi aprendido nas capacitações anteriores.

Programa “São Paulo Pela Primeiríssima Infância”

O “São Paulo pela Primeiríssima Infância” é uma iniciativa do Governo do Estado de São Paulo, em parceria com a Fundação Maria Cecília Souto Vidigal, municípios paulistas e ONGs, para promover o desenvolvimento integral das crianças, do nascimento aos três anos. Entre os principais objetivos do Programa estão melhorar a qualidade do atendimento e dos cuidados oferecidos às gestantes e às crianças, promover o trabalho integrado entre os vários setores envolvidos e mobilizar a sociedade para importante fase da vida.