São Sebastião, cidade sede do 62º Jogos Regionais junto com Ilhabela, garantiu já no primeiro dia sete medalhas e dois troféus na capoeira, garantindo lugar nos Jogos Abertos do Interior. As equipes feminina e masculina livres deram um show e marcaram presença nos pódios de quase todas as categorias. A equipe feminina ficou em segundo lugar e a masculina em terceiro na classificação geral.

No masculino, na categoria peso pesado, o capoeirista nascido no dia de São Sebastião, que carrega a cidade no sobrenome, Fernando Sebastião Rodrigues, 22, garantiu primeiro lugar no pódio. Depois de quatro anos disputando nos Regionais, Fernando conquistou a medalha de ouro. “Meu primeiro ano nos Regionais foi muito difícil, fiquei em oitavo lugar. No segundo ano fiquei em sexto, depois em quarto e agora primeiro. Passa um filme na minha cabeça de tudo que vivi para chegar até aqui, eu e meus colegas passamos por muitas dificuldades, e agora a vitória chegou”, disse emocionado.

Também competiram por São Sebastião no masculino Marcelo, Jeferson, Luis Henrique e José Domingos.

As capoeiristas Juliana, Yasmin e Raniele garantiram medalhas de prata nas categorias peso médio, meio pesado e pesado. Já a Katiane garantiu bronze no peso leve. Para Juliana Oliveira dos Santos, 29, há três anos medalhista nos Regionais, garantiu uma medalha de prata para integrar sua coleção. Ela garante que é uma experiência única participar dos Regionais. “É uma competição única, podemos ver a referência da capoeira do Estado de São Paulo que acrescenta muito conteúdo para mim como capoeirista, além de manter a cultura do nosso país viva. Pra mim o mais importante não é a medalha, é ver a equipe classificada para os Jogos Abertos”, contou.

O secretário de Esportes, Philipe Marmo, parabenizou a equipe pelo resultado histórico. “A equipe foi guerreira, representou muito bem o município. Temos um resultado histórico, um campeão no peso pesado; e vice-campeãs em quase todas as categorias. Estamos muito orgulhosos com o resultado e caminhando para os Jogos Abertos”, revelou.

Durante a avalição da modalidade é analisado o condicionamento, volume de jogo, técnica de execução, ataque e defesa de cada atleta, que realiza dois jogos com dois minutos cada, um no ritmo de angola e outro no regional.

Participaram da competição de capoeira as cidades de Aparecida, Caçapava, Caraguatatuba, Francisco Morato, Franco da Rocha, Guararema, Guaratinguetá, Jacareí, Mairiporã, Mogi das Cruzes, Pindamonhangaba, Santa Isabel, São José dos Campos, São Sebastião e Ubatuba.