Pela primeira vez, dia 20 de novembro é feriado municipal em São Sebastião

De 17 a 26 de novembro, São Sebastião realiza diversas ações em comemoração à Semana da Consciência Negra no Teatro Municipal, na Rua da Praia, na Praça do Pôr do Sol, em Boiçucanga, e no Instituto Verdescola, em Barra do Sahy.

Ao longo da semana, acontece também o XI Encontro Nacional de Capoeira Angola de São Sebastião; o encerramento das Oficinas Culturais/2017 com o tema “Samba”; Fóruns Setoriais da Comunidade Negra; desfile de penteado afro; exposições e apresentações artísticas e culturais; cerimônias e rodas de conversa; caminhada Zumbi dos Palmares; show com a cantora Sandra de Sá, entre outros.

O dia 20 de novembro passou a ser considerado feriado municipal da Consciência Negra em São Sebastião e a data será ponto facultativo pela primeira vez na cidade, graças a um decreto assinado pelo prefeito Felipe Augusto no mês de outubro.

A Lei Federal 12.519/2011 instituiu o Dia Nacional de Zumbi e da Consciência Negra, comemorado anualmente no dia 20 de novembro, e São Sebastião era o único município da região onde a data em homenagem a Zumbi dos Palmares ainda não era lembrada oficialmente.

Segundo o diretor cultural da Fundação Educacional e Cultural Deodato Santana (FUNDASS), Adiba Cuba, no encerramento das oficinas será montada uma estrutura nos moldes dos festivais de dança. “O festival de dança acontece, mas contempla muitos grupos que vêm de vários lugares. E a gestão do prefeito Felipe Augusto está preocupada em atender os munícipes. “Teremos uma super estrutura para acomodar a população e abrilhantar as oficinas culturais, menina dos olhos da Fundação”, disse.

Ainda de acordo com ele, também serão muito importantes os dois dias de fóruns sobre a comunidade negra, ouvindo as demandas da cidade sobre esse assunto, para em seguida integrarem o Plano Municipal de Cultura, que está sendo elaborado.

“Outro ponto importante dessa semana é o dia da comemoração (20 de novembro), quando faremos, em parceria com Acubalin, a caminhada Zumbi dos Palmares, saindo às 8h do Tebar e percorrendo as ruas do centro da cidade, culminando em roda de conversas no Teatro Municipal”, comentou.

“Temos vários grupos bem expressivos de dança do cenário estadual, nacional, e esse encontro de capoeira que irá reunir grandes mestres que vêm da Bahia e de outros estados. Teremos apresentações de grupos locais, oficina de penteado e maquiagem afro, turbante, encontro de hip hop, com sarau da periferia, acho que será muito expressivo”, avisou Adiba.

Clique aqui e confira a programação completa no site.